Ouvidos: 4 Problemas comuns nos gatos

Ouvidos – 4 Problemas comuns nos gatos

As orelhas do seu gato devem se manter limpas, pois torna-se desagradável em caso de existir bactérias ou parasitas e pode originar uma infecção…

Quando o seu gato se contrai ao tentar lhe mexer nos ouvidos e se mostra aborrecido, isto poderá indicar que tenha alojado nos seus ouvidos bactérias e parasitas que possam causar extrema irritação e coceira. Sendo obrigados o coçar, poderão romper algum vaso sanguíneo. Esta desagradável situação, embora bastante comum, pode ser prevenida por si caso tome algumas precauções e se mantenha informado acerca de possíveis problemas que possam surgir nos seus ouvidos.

Infecção na orelha

Se o seu gatinho for perfeitamente saudável, o seu sistema imunológico deve precaver-se contra a maioria dos tipos de invasões provocados por parasitas. Os estágios iniciais de uma infecção nos ouvidos surgem quando o seu felino está constantemente a coçar a orelha assim como se esfregar contra objetos. O ouvido afetado irá se contorcer e às vezes caír para algum lado. Quando a infecção piora, o mesmo acontece com a dor. O seu gato poderá lhe arranhar ao tentar lhe acarinhar, atacar, afastando sua mão, ou até mesmo tentar mordê-lo. Poderá também ver uma mistura de cor amarela e preta nos ouvidos, especialmente se for provocada por fungos. O ouvido também vai aparecer inflamado, assim como o mau cheiro poderá surgir.

Ácaros da orelha

A cera nos ouvidos do seu gatinho é o alimento de escolha para os parasitas das orelhas. Os pequenos parasitas causam extrema comichão. Provavelmente, como já foi dito antes, irá notar um cheiro a sujo nas orelhas do seu gatinho, corrimento preto, especialmente em torno do canal auditivo, assim como uma tendência de tremer com a cabeça. Se as orelhas não forem limpas os ácaros provavelmente causam uma infecção. Na verdade, a Sociedade Americana para a Prevenção da Crueldade contra os Animais observa que os pequenos invasores são responsáveis por cerca de 50 por cento das infecções de ouvidos nos felinos.

Hematoma

O facto de coçar e balançear a cabeça pode romper um vaso sanguíneo dentro do ouvido, normalmente em torno da ponta. Quando existe algum ferimento, os ouvidos apresentam uma aparência inchada na área afectada. A condição é conhecida como um hematoma na orelha, ou otohematoma. O inchaço é macio ao toque, pode sentir-se quente e é doloroso e desconfortável. Ele pode endurecer ao longo do tempo. A orelha do seu gatinho normalmente irá travar para um lado por causa do inchaço.

 

Medicação

Se o seu gatinho não parar de mexer com as suas orelhas após 48 horas, deverá consultar o veterinário. O médico irá inspecionar os seus ouvidos e limpar para ver o que lhe está atormentando. As infecções podem exigir uma dose de antibióticos, enquanto que os ácaros dos ouvidos necessitam de uma medicação tópica que poderá adquirir em algum centro veterinário. Um hematoma é um pouco mais complicado na medida em que, por vezes, requer cirurgia para permitir que o sangue escorra para fora. Se algo causou o hematoma, o veterinário necessita de determinar a causa. Se outros sintomas estiverem presentes para além do problema nos ouvidos, o seu veterinário poderá querer realizar mais testes para excluir condições médicas graves, como diabetes mellitus e hipotiroidismo.

O Blog Universo de gatos não assume qualquer responsabilidade pelo conteúdo desta página.

Este conselho não é um substituto a uma consulta adequada com um veterinário e destina-se apenas como um guia. Entre em contato com o seu veterinário local para aconselhamento ou tratamento imediatamento se estiver preocupado com a saúde do seu animal de estimação – mesmo que estejam encerrados, existe hospitais que dispõem de turnos diurnos e noturnos. Descubra mais sobre o que fazer em um fora de horas de emergência.

Gostou do artigo? Então NÃO deixe de PARTILHAR com os amigos!

"Os gatos fazem parte da minha vida, não me imagino a viver num universo sem eles..." Decidi criar este blog por necessidade de partilhar e fundamentalmente ajudar quem necessita de informações, tal como eu. No fundo, apesar de ser um blog, considero este meu trabalho uma fonte de recursos. Há dias que necessito de recorrer a informação para as minhas três gatas e sendo uma delas insuficiente renal com apenas 1 ano de idade... tenho de estar 100% atenta ( a minha fonte de motivação maior! ). Beijinhos e muitos ronrons!! :D

Deixar Mensagem

Your email address will not be published. Required fields are marked *