Os gatos sentem a perda do seu dono

Os gatos sentem a perda do seu dono?

Os gatos são animais altamente emocionais e sensíveis, apesar da sua reputação como animal independente.

Sabia que os gatos ganham apego ás pessoas, lugares e coisas, e também são animais com uma rotina muito vincada? Sim é verdade. Quando um gato sente a perda do seu amado dono, por vezes pode se tornar agressivo, stressado, entrar numa grande ansiedade. Estas são as reações mais típicas que um gato pode demonstrar com a perda do seu dono.

[mpress_banner banner=”8731″ persistent=”true” dismissible=”false”]

Sinais indicadores de sentimento de perda

Algumas das reações mais comuns com a perda de um dono incluem tentativas de fuga, perda de apetite, problemas usando a caixa de areia, incapacidade de dormir normalmente, esconderem-se, urinar fora da caixa de areia, miar excessivo, inquietude, tremores, perda de interesse no tempo de reprodução e brinquedos e busca incansavelmente da pessoa desaparecida. Se notar qualquer um desses padrões de comportamento,de facto o gatinho está de luto pela perda do seu dono. Provavelmente está confuso, nervoso e solitário e não entende por que a sua pessoa favorita não está voltando.

 

Outros casos

Noutros casos, um gato pode simplesmente se comportar como se nada tivesse acontecido. O processo de luto dos felinos é verdadeiramente uma questão caso a caso, dependendo do temperamento e circunstâncias individuais. Alguns gatos continuam com as suas rotinas diárias como se nada tivesse passado. Nesses tipos de situações, o desconhecimento pode ser verdadeiramente bem-aventurando.

O Apoio

Quando o mundo de um felino é virado de cabeça para baixo pela perda do seu dono, a única coisa que poderá fazer para ajudar é apoiá-lo e estar lá para ele, fazer o que faria como se fosse um ser humano. Tente manter a rotina do gatinho, tanto quanto possível. Os gatos não são fãs de mudanças, de modo que deverá manter as coisas que eles têm por hábito fazer. Brinque com o seu gato para ajudá-lo a desabafar e a manter o seu cérebro ocupado. Permita que ele tenha consigo algum objeto do seu dono de forma a ter presente o seu cheiro. Conforto é a chave para o seu bem-estar e superar uma perda.

A atenção médica

Se um gato de luto se recusar a dormir ou comer por um longo período de tempo, procure a atenção veterinária o mais rápido possível. As alterações de comportamento também podem ser uma indicação de uma condição de saúde subjacente. Além disso, quando os gatos são especialmente ansiosos, solitários e nervosos, muitas vezes pode indicar que algo físico não está bem com eles, como lesões, feridas e perda da pelo devido ao excesso de stress.

Gostou do artigo? Então NÃO deixe de PARTILHAR com os amigos!

amizade com gato, amor, ansiedade e gatos, falecimento, gato de casa, gato doméstico, gato e amor, perda


Nídia Silva

"Os gatos fazem parte da minha vida, não me imagino a viver num universo sem eles..." Decidi criar este blog por necessidade de partilhar e fundamentalmente ajudar quem necessita de informações, tal como eu. No fundo, apesar de ser um blog, considero este meu trabalho uma fonte de recursos. Há dias que necessito de recorrer a informação para as minhas três gatas e sendo uma delas insuficiente renal com apenas 1 ano de idade... tenho de estar 100% atenta ( a minha fonte de motivação maior! ). Beijinhos e muitos ronrons!! :D

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Mantém-te ligada

Junta-te a comunidade e subscreve à newsletter semanal, assim ficas a par das últimas novidades.

© 2019 Universo de Gatos de Nídia Silva com ❤ Todos os direitos reservados