Combatendo obesidade nos gatos com uma combinação de diminuição de calorias e aumento do exercício.

Obesidade nos gatos e como a combater

A obesidade tem-se tornado num problema cada vez mais comum para os nossos gatos.

Atualmente, nos Estados Unidos, os veterinários estimam que existe mais de 50 por cento de obesidade nos gatos. Ainda mais alarmante é o fato de que muitos proprietários de gatos não conseguem reconhecer que o seu gato está acima do peso. Ajude o seu gato a combater a obesidade.

Condição corporal e peso em gatos

Os gatos que não têm excesso de peso têm uma condição corporal ideal. Estes gatos têm costelas que podem ser sentidas sem um bloco de gordura entre a pele e as costelas e têm uma cintura elegante vista de cima.

Se não consegue sentir as costelas do seu gato e não pode ver a sua cintura, as hipoteses são grandes do seu gato estar com excesso de peso ou obeso. Em caso de dúvida, o seu veterinário pode ajudá-lo a determinar se o seu gato tem uma boa condição corporal e está no peso adequado.

Causas da obesidade nos gatos e riscos à saúde

Muitas calorias e a falta de exercício são as causas mais comuns da obesidade nos gatos, embora outros factores, como a genética possam também desempenhar um papel no aparecimento da obesidade.

Ter excesso de peso ou ser obeso coloca o seu gato em risco de doenças graves, como diabetes, artrite, doença hepática, doença de pele, doença do trato urinário inferior e muito mais. Os gatos com excesso de peso também são mais propensos a ter complicações cirúrgicas ou anestésicas e exposição ao calor.

 

O que posso fazer para o meu gato com excesso de peso?

Antes de começar qualquer programa de redução de peso, leve o gatinho ao seu veterinário para realizar um exame físico. Uma vez que o seu veterinário determinou que ele está apto o suficiente para iniciar um programa de redução de peso, há várias coisas que pode fazer para o ajudar.

Lentamente diminuia a ingestão calórica do seu gato ao longo do tempo. A Perda de peso rápida é tão frustante para o seu gato como é para si. Corte a ingestão de calorias do seu gato por não mais de 10 por cento de cada vez.

Considere mudar para uma dieta que com menor quantidade de gordura, maior em fibras e / ou maior teor de umidade. Alimente o seu gato de forma controlada, medindo refeições diárias.

Faça o seu gato trabalhar para obter a sua comida.

  • Use quebra-cabeças de comida para aumentar a atividade do seu gato e estimulação mental.
  • Espalhe o alimento do seu gato em lugares diferentes em toda a sua casa ao invés da alimentação num só local.
  • Forneça barreiras ao seu gato para chegar a sua comida, coloque-a num local elevado ou atrás de uma cerca ou porta de bebê.

Adicione brinquedos e outras formas de enriquecimento ambiental, como arranhar postes e poleiros para incentivar o seu gato a exercer mais. Reserve um tempo ao longo do dia para fornecer um jogo interativo com o seu gato usando brinquedos para ele perseguir e caçar. Descubra que tipo de brinquedos ele prefere. Alguns gatos preferem brinquedos com penas; Outros preferem ratos como brinquedos. Alguns gatos gostam de ponteiros de laser também.

Uma combinação de diminuição de calorias e aumento do exercício ajudam o seu gato a perder os quilos e recuperar a sua condição corporal perfeita.

O Blog Universo de gatos não assume qualquer responsabilidade pelo conteúdo desta página.

Este conselho não é um substituto a uma consulta adequada com um veterinário e destina-se apenas como um guia. Entre em contato com o seu veterinário local para aconselhamento ou tratamento imediato se estiver preocupado com a saúde do seu animal de estimação – mesmo que estejam encerrados, existe hospitais que dispõem de turnos diurnos e noturnos. Descubra mais sobre o que fazer em um fora de horas de emergência.

Veja também:

5 Maneiras de criar amizade com gato
Gatinhos quais os cuidados a ter
3 Dicas como fazer o seu gato o amar mais

Gostou do artigo? Então NÃO deixe de PARTILHAR com os amigos!

alimentação, gatos e alimentação, obesidade, obesidade nos gatos


Nídia Silva

"Os gatos fazem parte da minha vida, não me imagino a viver num universo sem eles..." Decidi criar este blog por necessidade de partilhar e fundamentalmente ajudar quem necessita de informações, tal como eu. No fundo, apesar de ser um blog, considero este meu trabalho uma fonte de recursos. Há dias que necessito de recorrer a informação para as minhas três gatas e sendo uma delas insuficiente renal com apenas 1 ano de idade... tenho de estar 100% atenta ( a minha fonte de motivação maior! ). Beijinhos e muitos ronrons!! :D

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Mantém-te ligada

Junta-te a comunidade e subscreve à newsletter semanal, assim ficas a par das últimas novidades.

© 2019 Universo de Gatos de Nídia Silva com ❤ Todos os direitos reservados