o_que_nunca_deve_fazer_a_um_gato

O que NUNCA devo fazer ao meu gato

Um simples descuido pode gerar grandes consequências para o bem-estar e a qualidade de vida do meu gato. Perceba o que que nunca deve fazer ao seu felino favorito.

1. Pulgas e mosquitos

” O meu gato está sempre dentro dentro de casa e raramente entra em contato com outros animais. Porquê me devo preocupar com uma pulga”?

Acredite ou não, as pulgas e os mosquitos podem entrar facilmente em sua casa e causar grandes problemas para os gatos. Você pode contrair uma pulga depois de visitar um amigo que tenha um cachorro ou um gato, e os mosquitos podem entrar através de uma porta ou janela aberta por apenas alguns segundos. Mantenha o seu gato livre de pulgas.

2. Colocar o meu gato ao ar livre sem controlo

Se pensa que o seu gato deseja explorar a natureza por sua conta e nunca haverá problema algum se lhe der essa liberdade, tome cuidado. A reação do seu gatinho ao ar livre pode ser curiosidade, confusão ou susto. Ele pode se envolver no trânsito ou se esconder num arbusto enquanto um cão estranho se aproximar.

3. Janelas sem segurança

As janelas que se abrem facilmente podem representar um perigo para os gatos curiosos. A emoção que eles sentem ao ver um pássaro ou um insectto podem fazer com que o seu gato se distraia acidentalmente caia. Se você estiver no trabalho caso isto aconteça, , o seu gato pode ficar ferido ou até mesmo desaparecer. Certifique-se de que as telas da sua janela são resistentes.

4. Não fazer consulta anual de rotina 

O seu gato parece ser saudável. Ele come bem, aparenta estar bem de saúde e não mudou o seu nível de atividade. Os gatos, como muitos de nós, podem sofrer de mudanças repentinas na sua saúde, desde a visão até a disfunção renal. Os felinos são mestres em ocultar os seus problemas. Um exame veterinário anual pode identificar o início de alguma anomalia e tratar pequenos problemas antes de se tornarem mais graves.

 

 

5. viagem sem segurança

A maioria dos gatos não gosta de viajar e detestam estar presos nas transportadoras, contudo um gato livre num veículo em movimento pode se tornar um peludo aterrorizado. Com o seu gato solto, em torno do carro, o seu destino poderá se tornar num desastre. Feche o suporte do seu gato para uma viagem segura.

 

6. Punição violenta

Um gato que tem o habito de subir para a bancada da cozinha não deve ser punido de forma violenta. Agredir o seu gato pode prejudicá-lo, tanto física como psicologicamente. Eduque o seu gato de forma racional.

Veja também:

5 Maneiras de criar amizade com gato
Gatinhos quais os cuidados a ter
3 Dicas como fazer o seu gato o amar mais

Gostou do artigo? Então NÃO deixe de PARTILHAR com os amigos!

gatinho, gato, punir gato


Nídia Silva

"Os gatos fazem parte da minha vida, não me imagino a viver num universo sem eles..." Decidi criar este blog por necessidade de partilhar e fundamentalmente ajudar quem necessita de informações, tal como eu. No fundo, apesar de ser um blog, considero este meu trabalho uma fonte de recursos. Há dias que necessito de recorrer a informação para as minhas três gatas e sendo uma delas insuficiente renal com apenas 1 ano de idade... tenho de estar 100% atenta ( a minha fonte de motivação maior! ). Beijinhos e muitos ronrons!! :D

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Mantém-te ligada

Junta-te a comunidade e subscreve à newsletter semanal, assim ficas a par das últimas novidades.

© 2019 Universo de Gatos de Nídia Silva com ❤ Todos os direitos reservados