A mastite pode afetar uma única glândula ou múltiplas glândulas. Este problema é uma emergência médica e requer atenção veterinária imediata.

Mastite em mãe gata [IMPORTANTE]

Mastite em gata, uma infecção dolorosa que pode ocorrer na amamentação de um gatinho recém nascido

A mastite (inflamação da glândula mamária) ocorre quando a glândula mamária da gata lactante fica inflamada, bloqueada ou infectada. A mastite pode afetar uma única glândula ou múltiplas glândulas. Este problema é uma emergência médica e requer atenção veterinária imediata. Saiba mais aqui em universo dos gatos.

Mastite 

A Mastite refere-se a uma infecção bacteriana nos canais por onde o leite escoa. As gatas lactantes têm muito a enfrentar, incluindo o tratamento das suas crias a tempo inteiro amamentando-os, uma vez nascidos. Durante este tempo, as suas glândulas mamárias são estimuladas a produzir leite. A combinação do stress da gravidez, com o parto e a amamentação podem contribuir para o aparecimento de bactérias. Na maioria das situações, o sistema imunológico da gata pode combater as bactérias, mas se ela carece de nutrição adequada, está excessivamente stressada, ou estiver a lutar contra outros fatores, o seu sistema imunológico não conseguirá eliminar com sucesso as bactérias, pelo que se desenvolve uma infecção. A mastite é mais comum em gatas mais velhos.

mastite é extremamente dolorosa. Se não for tratada, as bactérias podem se espalhar e a gata ficará seriamente doente. A mastite faz com que a glândula mamária fique bloqueada, assim o leite não pode ser liberado. A tetina incha e torna-se vermelha e dolorosa ao toque. Às vezes tem tendência a liberar pus ou leite descolorido. Torna-se cada vez mais difícil para a mã gato cuidar dos seus gatinhos por causa da dor.

 

Diagnóstico

Se suspeitar que a sua gata tem mastite, contacte o seu veterinário imediatamente. Eles irão realizar uma história completa e recomendar o tratamento adequado para a mãe e gatinhos.

 

 

Tratamento

O seu veterinário pode recomendar testes, que podem incluir:

  • Aspiração da agulha e exame da secreção
  • A avaliação microscópica do leite
  • Cultura bacteriana e sensibilidade do fluido, para identificar o tipo de bactéria
  • Contagem sanguínea completa (CBC), perfil de química, exame de urina e teste de função da tireóide (T4) para verificar a doença subjacente.
  • Testes para leucemia felina (FeLV) e teste de imunodeficiência felina (FIV), especialmente se a sua gata tem acesso ao exterior.

O tratamento dependerá da gravidade da mastite e das necessidades da mãe e dos seus gatinhos. Os antibióticos são muitas vezes prescritos para tratar a infecção bacteriana. Aplicando compressas quentes para as tetas infectadas ajuda-as a abrir e drenar. Uma Nutrição adequada para a mãe e seus bebês é importante durante este tempo, especialmente se os gatinhos não podem mamar devido ao desconforto que a mãe está a ter.

 

O Blog Universo de gatos não assume qualquer responsabilidade pelo conteúdo desta página.

Este conselho não é um substituto a uma consulta adequada com um veterinário e destina-se apenas como um guia. Entre em contato com o seu veterinário local para aconselhamento ou tratamento imediato se estiver preocupado com a saúde do seu animal de estimação – mesmo que estejam encerrados, existe hospitais que dispõem de turnos diurnos e noturnos. Descubra mais sobre o que fazer em um fora de horas de emergência.

Veja também:

Quanto tempo deve um gatinho ficar com a mãe?
Gatinhos quais os cuidados a ter
3 Dicas como fazer o seu gato o amar mais

Gostou do artigo? Então NÃO deixe de PARTILHAR com os amigos!

"Os gatos fazem parte da minha vida, não me imagino a viver num universo sem eles..." Decidi criar este blog por necessidade de partilhar e fundamentalmente ajudar quem necessita de informações, tal como eu. No fundo, apesar de ser um blog, considero este meu trabalho uma fonte de recursos. Há dias que necessito de recorrer a informação para as minhas três gatas e sendo uma delas insuficiente renal com apenas 1 ano de idade... tenho de estar 100% atenta ( a minha fonte de motivação maior! ). Beijinhos e muitos ronrons!! :D

Deixar Mensagem

Your email address will not be published. Required fields are marked *