liteira

Liteira: Dicas para evitar comportamentos indesejados

Frequentemente vejo tutores preocupados com as atitudes que os seus gatos manifestam na liteira.

Literalmente este assunto é bastante sério pois uma grande percentagem de gatos pode manifestar problemas com a caixa de areia.

Hoje em dia sinto que existe um pouco mais de responsabilidade em termos de cuidados para com os seus animais de estimação.

Mas ainda assim, infelizmente alguns gatinhos são abandonados ou devolvidos por passarem a urinar fora da liteira.

Em casos de situações como estas, um gato pode manifestar este comportamento por saúde ou problemas comportamentais.

O importante é descobrir a causa para passar depois à etapa da resolução.

Estes são os tópicos que irei abordar
Principais motivos para um gato ignorar a liteira
Perguntas relacionadas com a areia e caixa de areiaDicas para evitar comportamentos indesejados

Principais motivos para um gato ignorar a liteira

Um gato pode urinar fora da liteira por motivos de saúde e por isso este artigo serve apenas de apoio, não substitui uma consulta pelo que é sempre bom consultar o seu Veterinário se suspeita que o seu gato está doente.

Mas agora falando mais um pouco sobre este tema de eliminação em local impróprio dentro de casa… existem muitas causas que podem desencadear este comportamento.

Eis algumas das situações para um gato fazer necessidades fora da liteira:

  • O gato pode sofrer de doença do trato urinário e necessitar de urinar frequentemente
  • O gato pode ter algum problema gástrico, ficar com diarreia e não conseguir chegar a tempo à caixa de areia
  • O gato pode ser um gatinho sénior e necessitar de uma caixa de areia mais confortável
  • O gato pode ter problemas como artrites e ter dificuldade em entrar
  • O gato pode estar a ser frequentemente interrompido por outro animal
  • A liteira pode estar numa zona que não seja confortável
  • O tabuleiro ser demasiado baixo e pequeno, ou seja, ser o mesmo enquanto ainda era gatinho e agora necessitar de uma caixa de areia grande
  • O tabuleiro tapado não fornecer espaço suficiente para o gatinho se virar
  • O tabuleiro estar ao lado de um eletrodoméstico ruidoso como uma máquina de lavar
  • O gato não gostar do tipo de areia
  • A liteira estar sempre suja
  • O gato não gostar de partilhar a caixa de areia com outro gato
  • A caixa de areia estar ao pé da tigela de comida
  • O gato ter sofrido uma má experiência da ultima vez que foi à caixa de areia
  • Ter utilizado uma areia nova
  • Ter havido alterações nos horários dos donos
  • Existir um novo membro no agregado familiar
  • Ter havido remodelações na casa
  • Ter havido mudança de casa
  • O gato não gostar da textura do material

Aspersão ou marcação de urina qual a diferença?

Certamente já ouviu falar destes dois termos: aspersão de urina e marcação. Ambos estes termos são utilizados, no entanto são distinguidos pela posição do corpo e quantidade de urina que é libertada.

A aspersão surge quando um gato continua de pé e se volta de costas para uma superfície vertical como por exemplo uma parede, esguichando urina.

Este comportamento é frequente nos machos adultos.

A marcação surge quando um gato agacha e urina numa superfície horizontal, como por exemplo uma cama. Este comportamento pode ser manifestado por stress emocional ou por apreensão generalizada (por exemplo quando vê o seu dono a fazer as malas.

Ambos são problemas de ordem comportamental.

É comum haver ataques felinos dentro de um tabuleiro de areia?

 Numa casa onde habitam vários gatos é comum que o gato dominante se meta com o gatinho mais tímido. Por exemplo gatos como os persas por norma são mais sossegados comparativamente com outra raças

Os machos adultos utilizam isto como forma de anuncio sexual e como alerta de ameaça para outros machos. No entanto as fêmeas e machos também podem aspergir urina.

Quais os tipos de areia mais aconselhados para o meu gato?

Os gatos reagem de diversas formas no que diz respeito à sua areia. Por exemplo a areia mais habitual, de pedrinhas pontiagudas e de cantos afiados não é das mais eleitas.

Muitos gatos não gostam de escavar nesse tipo de areia uma vez que são pontiagudas podem magoar nas patinhas e não serem tão cómodas como outras mais finas.

Geralmente também não são muito bem aceites as areias que libertam muito pó e as perfumadas. Normalmente são areias aglomerantes. Hoje em dia algumas marcas têm melhorado este problema e existem à venda areias que não libertam muito pó.

Para além das areias aglomerantes, existem areias de sílica cujo granulado absorve uma grande quantidade de líquido e é também muito eficaz no odor.

Nas Petshops existem ainda à venda areias de origem vegetal e biodegradáveis.

 

Neste aspeto a quantidade de material para as caixas de areia é bastante.

Se acabou de adotar um gatinho, coloque alguns tipos de areia e experimente saber qual o seu gato prefere.

O meu gato urina nos vasos das plantas e mastigam as suas folhas. Como consigo que o meus gato deixe as plantas em paz?

 As plantas no chão ou em mesas demasiado baixas são um alvo muito fácil para os gatos. Se tem gatos em casa é importante que saiba que uma maioria das plantas são tóxicas para gatos.

Por exemplo os Lírios podem são altamente nocivos e podem inclusive provocar Insuficiência Renal Aguda e levar o gato até à morte.

Disponha-as em sítios bem elevados ou pendure-as. Torne-as menos apelativas cobrindo com algo que seja desagradável para o seu gato como por exemplo coloque pedrinhas em vasos altos e pesados.

Existem alguns produtos destinados a afastarem os gatos como o spray de maçã amarga, uma substância com um sabor muito intenso, assim como molho de vinagre e de tabasco.

Se encontrou um gosto que o seu gato não aprecia, aplique-o várias vezes até que ele tenha perdido por completo o seu interesse.

Pode ainda desencorajar o seu gato disparando na sua direção água do pulverizador de plantas sempre que o vir por perto. O ideal é deixar o borrifador escondido. O gato passa a crer que existe algo invisível nas plantas mesmo quando o leitor não se encontra lá.

Certifique-se que esguicha apenas na zona do corpo e com água limpa.

Dicas para evitar comportamentos indesejados

Uma vez que a liteira é dos artigos mais importantes a ter em casa, a escolha de uma casa de banho perfeita, assim como a areia pode ditar a diferença entre o seu gato usá-la corretamente ou boicotá-la.

E o principal de tudo, a rotina de limpeza é meio caminho para evitar que um gato desenvolva um problema comportamental.

Uma das fontes de orgulho de um dono de gato é de manter a casa livre de odores e quando os convidados nem se apercebem do cheiro das casas de banho.

Eis algumas dicas de limpeza

  • Limpar a areia todos os dias: Tirar a areia com urina e fezes todos os dias não é de todo o passatempo favorito para ninguém. Porém sem duvida que esta esta tarefa proporciona grandes pontos favoráveis para levar um gato a procurar uma liteira.
  • Para além disto, se retira a areia diariamente e lava a caixa de areia uma vez por semana não terá de se preocupar com os convidados.
  • Cuidado com os odores: Não aconselho o uso de ambientadores junto às caixas de areia ou areias com odores intensos. O olfato dos gatos é muito mais apurado que o nosso. Os gatos são fortemente influenciados pelos odores.

Lavagem da caixa de areia: Uma vez por semana lave a caixa de areia com água morna e detergente da loiça. Deixe as liteiras secarem ao sol para matar os germes.

No caso de usar lixívia, use-a sempre muito diluída em água e enxugue muito bem a caixa de areia antes de a secar. O odor da lixívia pode desencorajas o seu gato.

Recomendo que tenha sempre um tabuleiro de areia suplente com areia fresca enquanto as outras estão a secar.

Limpeza de urina em outras superfícies

Evite usar produtos de limpeza com amoníaco, porque infelizmente o amoníaco é um derivado de urina e pode atrair ainda mais o seu gato.

Da mesma maneira o vinagre afasta temporariamente o cheiro, mas não é suficientemente forte para o eliminar completamente.

Por fim, limpar vigorosamente as alcatifas com toalhetes só irá fazer com que a urina se funda ainda mais nas fibras.

Assim sendo, elimine as manchas e os odores da seguinte forma:

Seja rápido e trate da mancha antes que tenha tempo de penetrar na alcatifa e secar.

  1. Embebeda bastante líquido com papel de cozinha, toalhas de algodão velhas. Pressione as toalhas em cima da mancha com força até deixar de ver o tom amarelado.
  2. Neutralize o odor com um aliado químico. A urina do gato contém químicos proteicos, por isso a melhor forma de os derrotar é utilizar um produto específico para manchas de animais que também tenha enzimas de proteína.
  3. Siga as instruções dos produtos, alguns deles podem demorar um dia para retirar completamente os odores.
  4. Se o seu gato urinou na colcha da cama ou outro tecido lavável, junte bicarbonato de sódio ao detergente da máquina de lavar e lave o tecido com água fria.
  5. O bicarbonato de sódio tem uma reputação de bom absorvente de odores. Não use água quente pois pode selar o cheiro nos tecidos.
Veja também:
Porquê o meu gato faz xixi em todo o lado
Adotar um gato
Gatinhos quais os cuidados a ter

Gostou do artigo? Então NÃO deixe de PARTILHAR com os amigos!

"Os gatos fazem parte da minha vida, não me imagino a viver num universo sem eles..." Decidi criar este blog por necessidade de partilhar e fundamentalmente ajudar quem necessita de informações, tal como eu. No fundo, apesar de ser um blog, considero este meu trabalho uma fonte de recursos. Há dias que necessito de recorrer a informação para as minhas três gatas e sendo uma delas insuficiente renal com apenas 1 ano de idade... tenho de estar 100% atenta ( a minha fonte de motivação maior! ). Beijinhos e muitos ronrons!! :D

Deixar Mensagem

Your email address will not be published. Required fields are marked *