Gatos e o seu miar excessivo

Gatos e o seu miar excessivo

Porque os gatos miam? As razões mudam à medida que vão crescendo de gatinhos para gatos.

Os gatinhos miam para as suas mães quando estão com fome, frio ou com medo. Mas á medida que envelhecem, eles usam outras vocalizações – como assobios e rosnar – para se comunicarem uns com os outros. O miar é utilizado para comunicar com as pessoas.

A quantidade de miado varia de raça para raça e até mesmo de gato para gato. As raças orientais, especialmente os gatos siameses, são conhecidos por miarem muito.

Se o seu gato miar um pouco mais do que o habitual, tente descobrir a causa principal. Depois de saber o motivo, pode, em seguida, tratar a causa de forma a estabilizar o seu gato.

Porque o gatos miam tanto?

Os gatos podem miar por diversas razões, desde um motivo grave até á busca de atenção.

Existem alguns motivos como:

Doença: O primeiro passo é fazer um check-up completo no seu médico veterinário. Numerosas doenças podem causar um gato a sentir fome, sede, dor ou todos estes fatores podem levar a um miar excessivo. Os gatos idosos podem também desenvolver um problema de tiróide ou doença renal hiperactiva, ambas as quais podem resultar em vocalizações excessivas.
Apesar de algumas pessoas pensarem que os gatos não gostam de ficar sozinhos, eles geralmente miam em busca de um afeto. Se quiser reduzir o tempo de miados para chamar a atenção, pare de responder quando isso acontece. Dê a sua atenção apenas quando ele estiver tranquilo. Caso ele começe a miar de novo, não ignore por completo o seu animal de estimação. Passe algum tempo do dia com ele, brincando, e falando com ele. Um animal de estimação cansado é um animal de estimação mais silencioso.

Querer alimento: Alguns gatos miam cada vez que alguém entra na cozinha, na esperança de obter um petisco. Muitos gatos tornam-se muito vocais quando se aproxima a hora de alimentação. Se este for o seu problema, não alimente o seu gato quando ele chorar. Espere até que se acalme e só depois lhe dê a ração. Não lhe dê guloseimas quando ele miar. Se isso não funcionar, compre um alimentador automático que abra em horários fixos.

Cumprimentá-lo: Muitos gatos miam quando o seu dono volta para casa, ou até mesmo quando ele simplesmente os encontra em casa. Este é um hábito difícil de deixar, mas se pensar bem é tão bom sentir que ele está feliz por o ver não é verdade?!

Solidão: Se o seu gato passar muitas horas por dia sozinho, pense em arranjar-lhe outra companhia para enriquecer o seu dia a dia. Nós fizemos o mesmo para a nossa gatinha Luna. Ela era uma gata muito stressada. A partir do momento em que adotamos as manas Iris e Zohey, a personalidade dela melhorou, ela é super tranquila com elas e são muito felizes com as suas brincadeiras!

 

Stress: Gatos em momento de stresse, muitas vezes têm tendência em miar. Um novo animal de estimação ou um bebê, um movimento ou uma mudança de casa, uma doença ou a perda de um ente querido pode transformar o seu gato num “falador”. Tente descobrir o que está a encomodar o seu gato e ajude-o a se adaptar à mudança. Se isso não for possível, dê-lhe mais atenção e tempo de silêncio para o ajudar a se acalmar.

Envelhecimento: Os gatos, assim como as pessoas, podem sofrer de uma distorção mental, ou disfunção cognitiva, à medida que envelhecem. Eles tornam-se desorientados e, muitas vezes choram melancolicamente, sem motivo aparente, especialmente à noite. A luz noturna, por vezes, pode ajudar ao seu gato tornar-se desorientado à noite. Os veterinários muitas vezes podem prescrever medicamentos que ajudam a estes sintomas.

Cio: Se o seu gato não está castrado ou esterilizado, então certamente irá ouvir muito mais barulho. A castração/ esterilização é uma optima opção tanto para o cio como para a sáude do seu gatinho.

 

O que não deve fazer.

Não ignore-o sem ter a certeza que não há nenhum problema. Embora não queira que o seu gato mie frequentemente, às vezes eles miam por alguma razão. Podem estar com problemas em urinar ou porque a caixa de areia está demasiado suja, podem miar porque a tigela de água está vazia. Tente entendê-los quando eles miam para determinar se é algo que realmente deve ignorar, ou um problema que deve ser corrigido imediatamente.

Não punir um gato por miar. Bater, gritar, e pulverizar os gatos com água, raramente funciona para os acalmar. Um gato que mia, todas essas ações vão trazer desconfiança ao seu gato ou até mesmo poderá não gostar de si.

Não se entregue. Se o seu gato é abusado para conseguir o que quer através do miar, ele vai miar mais, e mais alto, até que finalmente ceda. Mantenha a postura e premeie o comportamento dele apenas quando estiver calmo.

Gostou do artigo? Então NÃO deixe de PARTILHAR com os amigos!

curiosidades, gato mia muito, gatos, gatos de casa, gatos domésticos, gatos e alimentação, gatos e energia, miar, miar excessivo


Nídia Silva

"Os gatos fazem parte da minha vida, não me imagino a viver num universo sem eles..." Decidi criar este blog por necessidade de partilhar e fundamentalmente ajudar quem necessita de informações, tal como eu. No fundo, apesar de ser um blog, considero este meu trabalho uma fonte de recursos. Há dias que necessito de recorrer a informação para as minhas três gatas e sendo uma delas insuficiente renal com apenas 1 ano de idade... tenho de estar 100% atenta ( a minha fonte de motivação maior! ). Beijinhos e muitos ronrons!! :D

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Mantém-te ligada

Junta-te a comunidade e subscreve à newsletter semanal, assim ficas a par das últimas novidades.

© 2019 Universo de Gatos de Nídia Silva com ❤ Todos os direitos reservados