gato stressado

Gato stressado – Principais Fatores

Mudanças bruscas, doenças como obesidade, parasitas são dos principais fatores que podem stressar o seu gato

SINTOMAS DO STRESS FELINO

Como perceber um gato stressado?

É importante ter em conta que a reacção perante o stress varia dependendo da natureza do animal e das experiências vivenciadas.

Tente perceber qual o resultado de um estímulo que causa o stress. Os estímulos podem ser externos ou internos, e em ambos os casos, a resposta produzida (conduta) pode ser inata ou aprendida.

Os sintomas mais perceptiveis de que o gato sofre stress são: agitação, dilatação pupilar, posição enroscada, higiene excessiva (dermatite psicogénica), agressividade, marcação de território dentro de casa urinar fora da caixa de areia. As Raças como o Siamês e o Birmano manifestam stress, para além de que mordem de forma obsessiva lã ou outro tipo de tecidos.

Um gato stressado apresenta mudanças nos seus hábitos de limpeza. O gato pode banhar-se em excesso até perder o pêlo do seu corpo. O gato pode miar excessivamente e caminhar de um lado para o outro a miar.

O gato stressado actua a longas distâncias, dorme e brinca menos. Da mesma forma, muda os seus hábitos alimentares e, em alguns casos, come objectos como plástico. Arranha as portas e as janelas.

 

CAUSAS DO STRESS

O aborrecimento pode transformar os gatos em agressivos e destrutivos. Geralmente acontece quando o felino permanece muito tempo sozinho, após habituar-se a uma relação muito próxima com o seu dono.

Um gato pode stressar aínda quando a sua rotina diária muda repentinamente, ou outro animal chegou. Esta situação também se repete quando existir uma limpeza profunda ou mudança de móveis e o seu odor perdeu-se.

Muitas vezes a forma de marcar território é urinando nas superfícies. Segundo especialistas, ao desaparecer as marcas o gato volta a fazer. Perante um comportamento deste tipo não deve castigar o gato; ofereça-lhe mais caixas de areia e coloque a comida noutro sítio, terá melhores resultados.

Os gatos também necessitam de espaço para descansarem durante os momentos do dia. Forneça-lhe um lugar calmo para que facilite o seu processo de relaxamento e adaptação. Geralmente, os felinos domésticos escolher lugares altos e fechados.

 

Veja também:

Gatos e o seu miar excessivo
Mudar de casa com o seu gato sem motivo de stress
O que nunca devo fazer ao meu gato 

Gostou do artigo? Então NÃO deixe de PARTILHAR com os amigos!

gato furioso, gato raivoso, gato sofre de stress, gato stressado, stress em gato, stress no gato


Nídia Silva

"Os gatos fazem parte da minha vida, não me imagino a viver num universo sem eles..." Decidi criar este blog por necessidade de partilhar e fundamentalmente ajudar quem necessita de informações, tal como eu. No fundo, apesar de ser um blog, considero este meu trabalho uma fonte de recursos. Há dias que necessito de recorrer a informação para as minhas três gatas e sendo uma delas insuficiente renal com apenas 1 ano de idade... tenho de estar 100% atenta ( a minha fonte de motivação maior! ). Beijinhos e muitos ronrons!! :D

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Mantém-te ligada

Junta-te a comunidade e subscreve à newsletter semanal, assim ficas a par das últimas novidades.

© 2019 Universo de Gatos de Nídia Silva com ❤ Todos os direitos reservados