asma em gatos

Asma em Gatos

A asma felina é uma doença que pode ser ser desencadeada por uma alergia ou até mesmo por stresse.

 

A asma em gatos é uma inflamação crônica. A asma não deve ser ignorada. Infelizmente esta doença é incurável, mas é possível ser controlada. Hoje iremos abordar este tema muito procurado por muitos de vocês, queridos seguidores.

 O que é asma felina?

Tal como em seres humanos, a asma em gatos é uma inflamação crônica das pequenas passagens nos pulmões. Embora seja incurável, é possível ser controlada através de acompanhamento médico e alguns cuidados.

 O que causa a asma em gatos?

As causas mais comuns incluem pólen, mofo, ácaros, fumaça de tabaco, lixo, produtos de limpeza doméstica e até mesmo alguns alimentos.

A condição geralmente desenvolve-se entre as idades de dois a oito anos de idade, com um aparecimento ligeiramente maior em gatas. Algumas raças também têm uma disposição genética para esta condição, como os Gatos Siameses e o Gato do Himalaia.

 

Quais são os sintomas da asma felina?

– Respiração rápida ou difícil, ou maior esforço para respirar
– Tosse persistente ou vomito
– Muco ao tossir
– Dificuldade em respirar após o esforço
– Manter a boca aberta enquanto respira
– Agachamento com os ombros curvados, o pescoço estendido e baixo no chão
– Fraqueza geral e letargia
– Gritos
– Aumento da deglutição
– Lábios e gengivas azuis

ATENÇÃO:

Se o seu gato mostrar algum dos sintomas acima, deve falar com seu veterinário imediatamente. Qualquer tosse é um problema grave de saúde, pois significa que os pulmões estão inflamados.

Ao descansar ou dormir, um gato normalmente leva 24 a 30 respirações por minuto – qualquer coisa acima de 40 pode precisar de atenção médica (lembre-se, os gatos podem respirar mais rápido quando estão excitados ou a ronronar). O ronco ou a respiração alta ao descansar não é necessariamente um sinal de asma.

O Blog Universo de gatos não assume qualquer responsabilidade pelo conteúdo desta página.

Este conselho não é um substituto a uma consulta adequada com um veterinário e destina-se apenas como um guia. Entre em contato com o seu veterinário local para aconselhamento ou tratamento imediato se estiver preocupado com a saúde do seu animal de estimação – mesmo que estejam encerrados, existe hospitais que dispõem de turnos diurnos e noturnos. Descubra mais sobre o que fazer em um fora de horas de emergência.

Veja também:

5 Maneiras de criar amizade com gato
Gatinhos quais os cuidados a ter
3 Dicas como fazer o seu gato o amar mais

Gostou do artigo? Então NÃO deixe de PARTILHAR com os amigos!

asma, asma em felinos, asma em gato, asma nos gatos, gato com asma


Nídia Silva

"Os gatos fazem parte da minha vida, não me imagino a viver num universo sem eles..." Decidi criar este blog por necessidade de partilhar e fundamentalmente ajudar quem necessita de informações, tal como eu. No fundo, apesar de ser um blog, considero este meu trabalho uma fonte de recursos. Há dias que necessito de recorrer a informação para as minhas três gatas e sendo uma delas insuficiente renal com apenas 1 ano de idade... tenho de estar 100% atenta ( a minha fonte de motivação maior! ). Beijinhos e muitos ronrons!! :D

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Mantém-te ligada

Junta-te a comunidade e subscreve à newsletter semanal, assim ficas a par das últimas novidades.

© 2019 Universo de Gatos de Nídia Silva com ❤ Todos os direitos reservados