apresentar_dois_gatos

Como apresentar dois gatos

Neste artigo apresento-vos todas as etapas para puder apresentar dois gatos

Os gatos são animais que precisam de algum tempo para se adaptar a um novo espaço, a pessoas e outros animais. O facto de ter adotado outro gato pode criar alterações comportamentais no seu gato.

Porém, é possível alcançar uma amizade ao apresentar dois gatos. Quer saber como?

 

1ª ESTAPA

Antes de apresentar dois gatos crie um quarto de transição para o novo gato. Este espaço servirá de abrigo à medida que ele for gradualmente introduzido na sua nova casa. Deve ser um local seguro. Dentro do quarto deverá estar tudo o que um gato possa necessitar, incluindo alimentação, água, uma caixa de areia, arranhadores, esconderijos e brinquedos. Remova quaisquer objectos que possam ser perigosos para o gato (plantas, fios eléctricos, alimentos inadequados e tóxicos, etc.)

2ª ETAPA

Identifique as atividades e petiscos favoritos do gato residente para puder fornecer durante as introduções. Ao chegar, coloque o novo gato no quarto de transição.

Ao apresentar dois gatos esteja atento aos sinais de agressividade entre o seu gato residente e o recém chegado. Intervenha caso exista indícios de brigas .

3ª ETAPA

Coloque um brinquedo sob a porta do quarto de transição de forma a encorajar brincadeiras na porta que serve de barreira. Se não conseguir arranjar um brinquedo que passe por baixo da porta basta atar 2 brinquedos pequenos com uma corda ou fio resistente.

4ª ETAPA

Use uma toalha para afagar todos os dias cada gato de maneira a facilitar a transferência de cheiros. Concentre-se em esfregar a toalha contra a zona da base da cauda e das bochechas.

5ª. ETAPA

Identifique actividades/petiscos favoritos do novo gato. Quando este estiver confortavelmente instalado comece a permitir acesso ao resto da casa por pequenos períodos mantendo a capacidade de se abrigar no quarto de transição. O gato/gatos residente terá de ser fechado nestas alturas, no local mais aprazível da casa para ele.

 

6ª ETAPA

O passo seguinte será começar com pequenas introduções visuais (menos de 5 minutos). O gato novo deverá ser colocado dentro de uma transportadora e permitir que o outro gato/gatos se aproxime para o ver. Tente envolver o gato/gatos residente em actividades favoritas durante estas introduções visuais. Repita este procedimento 2-3 vezes ao dia até que todos pareçam relaxados e que não haja posturas agressivas. Recompense sempre os comportamentos amigáveis nestas sessões.

7ª ETAPA

A seguir vamos permitir interacção física sob vigilância. Os proprietários deverão estar preparados com instrumentos remotos (esguichos de água, cobertores grandes) para poderem interromper episódios de agressão.

Nunca, em circunstância alguma, deverão os proprietários manipular gatos agressivamente excitados pois estes poderão redirigir a sua agressividade e investir contra os proprietários. Nunca segure ao colo um dos animais para depois o aproximar para “cumprimentar” o outro animal.

8ª. ETAPA

Em situações normais e não havendo episódios de agressão os períodos de interacção poderão aumentar de forma gradual até que seja desnecessária a vigilância. Nunca os deixe sozinhos sem que várias sessões vigiadas sem agressão tenham decorrido.

 

 

Veja também:
Dicas para acolher um gato em casa
Conquistar a confiança de um gato de rua
Ajudar um gato de rua a se adaptar á nova casa

Gostou do artigo? Então NÃO deixe de PARTILHAR com os amigos!

2 gatos juntos, adaptação de gatos a novos donos, amizade gatos, brigas gatos, como acostumar um gato com outro filhote, como aproximar dois gatos, como introduzir um novo gato, comportamentos gatos, gatos não se dão bem, hierarquia, introdução gatos, introduzir gato, juntar gatos desconhecidos, ter dois gatos em apartamento


Nídia Silva

"Os gatos fazem parte da minha vida, não me imagino a viver num universo sem eles..." Decidi criar este blog por necessidade de partilhar e fundamentalmente ajudar quem necessita de informações, tal como eu. No fundo, apesar de ser um blog, considero este meu trabalho uma fonte de recursos. Há dias que necessito de recorrer a informação para as minhas três gatas e sendo uma delas insuficiente renal com apenas 1 ano de idade... tenho de estar 100% atenta ( a minha fonte de motivação maior! ). Beijinhos e muitos ronrons!! :D

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Mantém-te ligada

Junta-te a comunidade e subscreve à newsletter semanal, assim ficas a par das últimas novidades.

© 2019 Universo de Gatos de Nídia Silva com ❤ Todos os direitos reservados