9 dicas para entender a linguagem do seu gato

9 dicas para entender a linguagem do seu gato

Para muitos os gatos são vistos como seres indiferentes, mas na verdade eles são bem mais afetuosos do que poderiam imaginar.

As pessoas que não compreendem a linguagem dos gatos costumam encará-los como animais distantes. Na verdade, alguns deles até o são. Mas da mesma forma que existem pessoas mais afetuosas que outras, os gatos não são todos iguais. Para aqueles que tiraram algum tempo a tentar entender a linguagem do seu gato, sabem que eles ate comunicam e mostram muito afeto.

Compreender o que seu gato lhe quer dizer quando esfrega as suas bochechas em si é algo muito bom. Já pensou se pudesse usar esse conhecimento para comunicar com o seu gato no seu próprio idioma ?! Aqui estão algumas ideias.

1. Encontre os brinquedos certos

Os gatos são exigentes com o que brincam, e todos os gatos têm ideias diferentes. Ter brinquedos vulgares em sua casa não é suficiente. Você tem que ter os brinquedos certos para estar em sintonia com a linguagem do seu gato! Se o seu gato demonstrar indiferença para os ratos de feltro, tente amassar um pedaço de papel. Adicionar alguns brinquedos que façam sons. Não hesite em tentar usar alguns brinquedos diferentes até encontrar algo que o seu gato demonstre interesse.

2. Brinque mais com ele

Por vezes pode ser difícil arranjar tempo para brincar com o seu gato derivado ao trabalho diário. Mas o seu envolvimento é um passo crítico para incentivar o seu gato preguiçoso a ser mais ativo. Os brinquedos e os jogos serão sempre mais divertidos para ele se o seu amigo humano estiver envolvido. Use um brinquedo de varinha ou um ponteiro de laser para ativar instintos de presas naturais do seu gato. Certifique-se ocasionalmente de esconder o brinquedo ou o laser para encorajá-lo a caçar, perseguir e procurar. Dê-lhe um petisco no final deste tipo de jogo para que ele possa se sentir satisfeito.

3. brinquedos interativos

Se o seu gato adora caçar e saltar para alvos com movimento, adicione alguns brinquedos a pilhas que se movimentem. Alguns brinquedos a pilhas podem funcionar com um temporizador que pode ativar quando não estiver em casa.

4. Não aos alimentos de fraca qualidade

O seu gato come alimentos de baixa qualidade? Se assim for, ele pode não estar a receber todos os nutrientes que ele precisa para ser verdadeiramente saudável e ativo. Converse com o seu veterinário acerca das necessidades alimentares específicas para o seu gato e obtenha sugestões acerca do tipo de alimento que melhor beneficiaria o seu gato. Certifique-se de que o seu gato bebe água suficiente, uma vez que a desidratação pode levar à letargia.

 

5. Adicione quebra cabeças de comida

Os quebra-cabeças de alimentos são uma ótima maneira de transformar a refeição em jogos estimulantes e divertidos, pois irá manter o seu gato em movimento e pensamento.

6. Arranhadores e torres

Construa um ambiente enriquecedor e estimulante com amplo espaço vertical (poleiros, árvores de gato, passeios para gato, etc) e arranhadores para o seu gato. Como caçadores naturais, os gatos beneficiam do espaço vertical porque permite que eles examinem o seu território de cima, e também os incentiva a saltar e subir. Coloque uma árvore perto de uma janela.
Raspar os postes ajudará o seu gato a se esticar e exercitar o seu corpo

7. Canais do youtube com brincadeiras para gatos

Hoje em dia, existem muitos canais do YouTube projetados especificamente para estimular o seu gato quando não é capaz de brincar.

8. Use guloseimas para o recompensar

Supondo que o seu gato é saudável o suficiente para lidar com um exercício moderado, pode usar guloseimas para recompensar o seu gato enquanto o convencer a saltar, dr uma volta, subir ou descer escadas, entre outras atividades.

9. Adicione um gato mais ativo á sua família

Se pode responsavelmente adicionar outro gato para sua família, esta é uma ótima maneira de animar um gato preguiçoso. Depois de um período de introdução adequada, um gato mais ativo, naturalmente, pode convencer o seu gato preguiçoso a um estilo de vida mais ativo.

Veja também:

Ajuda, o meu gatinho morde e arranha quando brincamos
Como manter os gatos longe da cozinha
5 Dicas para cortar as unhas do seu gato

Gostou do artigo? Então NÃO deixe de PARTILHAR com os amigos!

lingua do gato, linguagem, linguagem do gato


Nídia Silva

"Os gatos fazem parte da minha vida, não me imagino a viver num universo sem eles..." Decidi criar este blog por necessidade de partilhar e fundamentalmente ajudar quem necessita de informações, tal como eu. No fundo, apesar de ser um blog, considero este meu trabalho uma fonte de recursos. Há dias que necessito de recorrer a informação para as minhas três gatas e sendo uma delas insuficiente renal com apenas 1 ano de idade... tenho de estar 100% atenta ( a minha fonte de motivação maior! ). Beijinhos e muitos ronrons!! :D

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Mantém-te ligada

Junta-te a comunidade e subscreve à newsletter semanal, assim ficas a par das últimas novidades.

© 2019 Universo de Gatos de Nídia Silva com ❤ Todos os direitos reservados