10 dicas como treinar o seu gato a passear com arnês

ácaros nos ouvidos

Infelizmente, deixar andar à solta no exterior sem arnês e trela é inaceitável e arriscado.

A maioria dos gatos domésticos, assim que tenham oportunidade, gostam de estar ao ar livre. Dada a sua natureza viver no interior não é de todo o habitat natural para felinos. E por esse motivo é difícil para o seu gatinho expressar o seu desejo inato para explorar, escalar e caçar presas.

Gatos com acesso gratuito ao ar livre são muito mais susceptíveis de serem expostos a vírus e outros agentes causadores de doenças … para não falar de venenos, predadores e de acidentes.

Os gatos domésticos precisam de enriquecimento ambiental, e uma das maneiras de ampliar os horizontes do seu gato é levá-lo a passear ao ar livre com um arnês e trela.

Passear o gato com arnês oferece o melhor de todos os mundos possíveis na forma de um acesso seguro ao ar livre.

Um estilo de vida ideal para o seu gatinho seria aquele em que tem aventuras ao ar livre, que lhe enriquecem os instintos ao contrário da vida confortável e não estimulante que faz no interior de sua casa.

As 10 dicas de como passear o seu gato com trela

1. Conheça o seu felino

A maioria dos gatos, e especialmente gatinhos, podem ser facilmente treinados a andar com um arnês e trela.
A maioria vai apreciar a oportunidade de poder explorar com segurança um ambiente ao ar livre. Mas isto é abordando de uma forma geral… nem todos os gatos aceitam. Se suspeitar que o seu gato nunca em um milhão de anos se sentirá apto a andar com uma trela, provavelmente vai estar certo. No entanto se faz questão de o levar a passear, não custa tentar.

2. Compre um arnês e não uma coleira

Compre um arnês para a trela, e não uma coleira. Se o seu gato correr para cima de uma árvore, uma coleira padrão pode prender e estrangular. Além disso, os gatos são extremamente flexíveis e capazes de caber através de pequenos espaços. Não é incomum para os gatos fazer de um modo natural o que fazia Houdini e de se soltarem das suas coleiras. Com certeza não quer estar em nenhuma destas situações ou viver na preocupação, enquanto está passeando com o seu gato.
Existem arnês próprios para gatos. Adequados para não causar stress e manter a segurança nos nossos gatinhos. ( Se vive preocupado com o seu gato, experimente comprar um arnês, consulte as várias gamas e assim vai fazer usufruir do passeio com o seu gato. )

3. Comece devagar e com paciência

Deve ter sempre em mente que gatos não são cães, logo eles não vão simplesmente obedecer, mas sim aceitar no seu bem entender. No tempo que eles querem. Mas o que muitos amantes de gatos não percebem é que a maioria dos seus gatos na realidade agem por emoção, se associarem o arnês e a trela a algo bom será mais fácil de os adaptar. Utilize o elogio verbal, e elogios na forma de caricias na cabeça.
Faça as suas sessões de treino quando seu gato está com fome. Quebrar as guloseimas em pedaços muito pequenos é uma boa forma de obter uma grande porção de incentivos. Os gatos não têm desejo de agradar aos seus donos como os cães fazem, no entanto os alimentos são o seu incentivo primário. Para garantir que estão interessados na aprendizagem, treine fornecendo pequenas porções de alimento.

4. Antes de pensar em levar o seu gato para o exterior

Veja se o seu gato já se sente completamente à vontade com o arnês e trela. Coloque o arnês no seu gato, certifique-se de que está confortável, e não muito apertado. Antes de soltar, não se esqueça da recompensa. Se ele dá uns passos com o arnês sem se sentir desconfortável, dê uma recompensa, elogie e acaricie na cabeça. Repita o processo com elogios se ele continuar a movimentar-se com o novo equipamento.

 

Se o seu gato se deitar no chão, espere para ver se ele se move e dê uma recompensa se ele o fizer. Se ele parece congelado no lugar, ou se a sua maneira de agir for correr e se esconder debaixo de algo, remova de imediato o arnês e dê carinho para o acalmar como uma oferta de paz. Tente deixar os acessórios arnês e trela perto da tigela de comida do seu gato na hora das refeições e perto do seu local de descanso favorito por alguns dias para deste modo associar os acessórios a emoções boas.

Também pode manter o arnês e algumas recompensas por perto assim quando o seu gato cheirar o arnês, dê-lhe logo uma recompensa. Em seguida pode tentar colocar o arnês e ofereça a cheirar uma recompensa de modo a prender a sua atenção na recompensa e vá mexendo ou colocando ligeiramente o arnês de modo ele perceber que tem o arnês colocado, de seguida dê-lhe a comer a recompensa.

Praticando este método lembre-se que o seu gato tem uma extensão de atenção de poucos segundos, e para este método é necessário que ele associe uma ação desejada com a obtenção de uma recompensa.

Assim que o seu gato aprender a tolerar o arnês e trela por períodos mais longos, dê-lhe um fluxo constante de elogios verbais, caricias na cabeça e recompensas enquanto ele tem o arnês vestido. Quando ele está, obviamente, considera que a sua sessão de treino terminou, o que é visivelmente perceptível ele fica imóvel no chão, a cauda muda de movimento, as orelhas ficam achatadas, quaisquer que sejam os sinais que ele normalmente transmite quando não está a gostar de algo, remova o arnês imediatamente. Você quer terminar a sessão com o seu gatinho sentindo-se confiante e no controlo.

5. Quando o seu gato já anda com o arnês e trela

Uma vez que o seu gato já anda com o arnês e trela de uma maneira agradável e normal, chegou o momento… pode pisar o passeio fora da porta. Dependendo do temperamento do seu gato, pode facilmente passar o próximo mês apenas descendo as escadas ou chegar até à primeira grama. Ou … pode conseguir uma verdadeira aventura pela natureza. Isto só depende mesmo do temperamento do seu gato, da sua facilidade de adaptação para estar no exterior e preso a si.

6. Se mora num local com bastante trafego

Se o local onde mora tem muito ruído do tráfego, cães, e outras distrações que na sua opinião será uma ameaça ao seu gato, tente levar-lo para um local mais calmo, onde ele esteja menos exposto à confusão.

7. Convença o seu gato a avançar um pouco mais a cada passeio

Quando ele ansiosamente explorar uma nova área com a cauda para cima, dê sempre mais um avanço com o seu gato.

8. Certifique-se que o seu gatinho não coma nada

Verifique se o seu gatinho não pega em qualquer coisa com a sua boca ou dê uma lambidela. Não deixe ele escalar as árvores com trela é extremamente perigoso.

9. Não prenda o seu gato a nada sem vigilância

Não amarre a trela do seu gato para ir comprar qualquer coisa ficando ele cá fora, nem que seja por um minuto. Se algo o assustar, ele pode ficar preso na trela. Se estiver sob ameaça por um outro animal ou mesmo pessoa, ele não poderá fugir. Seu gato nunca deve estar fora de vigilância por qualquer motivo.

10. Espere sempre haver contratempos

O seu gato pode até se sentir bem em uma nova área na segunda-feira e quando o leva lá na terça-feira, algo pode assustar-lo. Dê um recuo para o último lugar onde ele se sentia mais confortável, e comece a avançar novamente a passos de bebé. E a menos que o seu gato esteja em perigo, resista ao impulso de pegar se algo o assustar. É melhor para a sua confiança se o deixar no chão.

Gostou do artigo? Então NÃO deixe de PARTILHAR com os amigos!

"Os gatos fazem parte da minha vida, não me imagino a viver num universo sem eles..." Decidi criar este blog por necessidade de partilhar e fundamentalmente ajudar quem necessita de informações, tal como eu. No fundo, apesar de ser um blog, considero este meu trabalho uma fonte de recursos. Há dias que necessito de recorrer a informação para as minhas três gatas e sendo uma delas insuficiente renal com apenas 1 ano de idade... tenho de estar 100% atenta ( a minha fonte de motivação maior! ). Beijinhos e muitos ronrons!! :D

6 Comments

  1. Minha preocupação é quando retornarmos para casa, e no dia seguinte, eu não possa levá-lo para passear.

    • Olá Luís! Não tem problema, leve nos dias em que houver oportunidade para si de vez em quando. Tente não o habituar a passear todos os dias, assim nos dias em que não puder, ele não irá estranhar ;) saudações felinas!

  2. como acostumar uma gato de vive na minha garagem aberta a ficar o dia todo em um gatil?

    • Olá Simone, ao inicio pode ser complicado a adaptação mas tem muitos gatos de rua que até se adaptam com facilidade

  3. A minha gata está tão “mal acostumada” com estes passeios, que se não levo passear três vezes ao dia, faz tamanho escândalo na porta do apartamento e em todas as janelas, que fico até constrangida com os vizinhos! 😬😬😬

    • Olá Carla! a sua gatinha está esterilizada? Se ela não está pode ter mais vontade de querer sair para a rua

Deixar Mensagem

Your email address will not be published. Required fields are marked *