[INCRÍVEL] O ronronar dos gatos cura doenças

0
523
O ronronar dos gatos cura doenças
Você já teve aquela sensação de que o seu gato sabe quando você está doente? E todo o tempo que ele está lá, ele ronrona e ronrona e ronrona!

Se tem uma dor de cabeça, ele instala-se na sua cabeça. Se tem uma dor de estômago, ele vem e senta-se no seu abdómen. E todo o tempo que ele está lá, ele ronrona e ronrona e ronrona! Neste artigo explicaremos porque dizem que o ronronar dos gatos cura doenças!

Nós todos sabemos que o ronronar de um gato é relaxante e reduz o stress, mas a ciência tem mostrado que também pode ser fisicamente benéfico. Não é apenas o som do ronronar que é importante, mas sim a vibração que ele produz.

Os cientistas sabem há muitos anos que as vibrações em níveis ou frequências específicas causam alterações de cura do corpo. Estas vibrações podem induzir o crescimento ósseo e regeneração, de modo que as fracturas ósseas curam mais rapidamente e os ossos enfraquecidos começam a se fortalecer e a reconstruir.

As Faixas de frequências mais altas aumentam a produção de compostos anti-inflamatórios naturais do corpo, reduzindo assim a dor nas articulações e inchaço. As evidências sugerem que essas faixas de frequência pode reparar músculos, tendões e ligamentos, o que levou à sua utilização em medicina desportiva e ginásios em todo o mundo, especialmente na antiga União Soviética, onde foi conduzida tanto desta pesquisa.

Vários estudos veterinários, entretanto, indicam que os gatos raramente sofrem dos ossos ou de doenças relacionadas com as articulações, incluindo displasia da anca, artrite e problemas pigmentares. Mesmo cancros ósseos, tais como mieloma ou osteossarcoma, são praticamente desconhecidos em gatos. Há até um ditado popular entre os veterinários que diz “Se você colocar um gato e um monte de ossos quebrados na mesma sala, os ossos vão se curar.”

A pesquisadora Elizabeth von Muggenthaler e um especialista no campo da bioacústica do Instituto Fauna Communications Research na Carolina do Norte (FcRI), realizaram uma pesquisa de bioacústica ( o estudo da frequência, altura, intensidade e duração dos sons dos animais ). Como conclusão em sua pesquisa, Muggenthaler propôs que:

Ronronar é uma vantagem de cura evolutiva que a natureza concedeu aos felinos.

O ronronar dos gatos leva energia, e os gatos não ronronam apenas quando tudo está bem, mas também quando as gatas estão a ter as suas crias, quando sentem dor ou até mesmo com medo. Tem que haver uma razão muito boa para gastarem a energia necessária para ronronar, especialmente quando o gato está fisicamente com stress ou doente. Por outras palavras, o acto de ronronar tem que de alguma forma contribuir para a sua sobrevivência.
A Natureza não costuma selecionar traços sem essa vantagem de sobrevivência evolutiva. Ao existir uma razão para isto a pesquisadora Muggenthaler partiu para encontrá-la.

Realizou uma nova pesquisa mas agora com outros felinos membros da família dos gatos

Ela gravou e mediu o ronronar de 44 felinos, incluindo leopardos, jaguatiricas, pumas, gatos domésticos e servals. Ela descobriu que todos estes gatos geralmente ronronam na gama de 20 e 140 Hertz (Hz). Alguns são tão elevados como 150 Hz, mas o gato doméstico médio vem em cerca de 25 a 50 Hz.

Curiosamente, a pesquisa mostrou que a exposição e frequência nos 20 a 50 Hz induz o aumento da densidade óssea, alivia a dor e cura tendões e músculos.

O ronronar beneficia problemas ósseos e articulares.

Problemas ósseos e articulares podem não ser as únicas doenças que beneficiam com a capacidade de ronronar de um gato. Por exemplo, problemas respiratórios associados com doenças cardíacas são quase inexistentes em gatos. Na verdade, problemas respiratórios resolvem rapidamente uma vez que o ronronar seja ativado. A lista continua e continua…

Como Muggenthaler conclui, “Um mecanismo de cura interno seria vantajoso, aumentando o tempo de recuperação e mantém os músculos e ossos fortes quando sedentário.”

Veja também:

5 Maneiras de criar amizade com gato
Gatinhos quais os cuidados a ter
3 Dicas como fazer o seu gato o amar mais

Gostou do artigo? Então NÃO deixe de PARTILHAR com os amigos!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor confirme o seu comentário!
Por favor preencha o seu nome aqui