insuficienciarenalaguda_causas

Insuficiência Renal Aguda em Gatos

A insuficiência Renal Aguda desenvolve a diminuição da função renal num curto espaço de tempo.

Infelizmente a Insuficiência Renal em gatos tem vindo a ser dos assuntos mais abordados por todos os Catlovers pois é um problema muito comum nos nossos felinos. A insuficiência Renal distingue-se por Aguda (IRA) ou crónica (IRC). Esta doença consegue deixar qualquer dono num estado de grande desespero. Queridos Seguidores, Hoje o artigo que preparei para vocês aborda o tema Insuficiência Renal Aguda em gatos.

Confesso-vos que esta questão da Insuficiência Renal sempre me fez querer entender cada vez mais o seu funcionamento por duas razões muito importantes. Primeiro, porque todos os dias tenho que dar o melhor de mim para tratar da minha pequena Iris que nasceu com uma deficiência nos rins e sofre de Insuficiência Renal Cronica. Segundo, porque há poucas semanas perdi um dos grandes amores da minha vida, a minha Gatinha Luna que sofreu de Insuficiência Renal Aguda.

Para percebermos um pouco do que se trata, a Insuficiência Renal Aguda em gatos desenvolve a diminuição da função renal num curto espaço de tempo. Esta diminuição deve-se ao facto dos rins não estarem a conseguir filtrar os resíduos existentes no sangue e essas toxinas acabam por se acumular na corrente sanguínea.

 

 

 

 

 

 

 

 

Em alguns casos é possível controlar a IRA ( Insuficiência Renal Aguda ) caso seja diagnosticada e tratada adequadamente. É muito importante conseguir descobrir o que está a causar o dano renal para poder ser aplicado o tratamento mais adequado.

Para além dos motivos que já devem ter ouvido falar noutras fontes, no quadro que se segue partilho consigo mais causas de Insuficiência Renal Aguda em Gatos:

insuficienciarenalaguda

 

O gato sempre foi um animal muito reservado e procura esconder as suas fraquezas. O nosso papel como donos é tentar perceber ao máximo o seu comportamento. Se notar algo de diferente no seu gatinho, comunique com o seu veterinário sobre essa mudança com brevidade. Por exemplo, não é normal um gato vomitar consecutivamente, perder o apetite, beber e urinar com muita frequência, sentir náuseas… Estes são alguns dos sintomas que podem indicar que algo de errado se está a passar com os rins.

Se já passou por este tipo de situação gostaria imenso de o/a convidar a compartilhar!

Saudações Felinas!

O Blog Universo de gatos não assume qualquer responsabilidade pelo conteúdo desta página.

Este conselho não é um substituto a uma consulta adequada com um veterinário e destina-se apenas como um guia. Entre em contato com o seu veterinário local para aconselhamento ou tratamento imediato se estiver preocupado com a saúde do seu animal de estimação – mesmo que estejam encerrados, existem hospitais que dispõem de turnos diurnos e noturnos. Descubra mais sobre o que fazer em um fora de horas de emergência.

Veja também:

Doença renal cronica felina – Principais Sinais 
Será que o meu gato bebe água demais?
Como saber se o seu gato está a sentir dor

Gostou do artigo? Então NÃO deixe de PARTILHAR com os amigos!

"Os gatos fazem parte da minha vida, não me imagino a viver num universo sem eles..." Decidi criar este blog por necessidade de partilhar e fundamentalmente ajudar quem necessita de informações, tal como eu. No fundo, apesar de ser um blog, considero este meu trabalho uma fonte de recursos. Há dias que necessito de recorrer a informação para as minhas três gatas e sendo uma delas insuficiente renal com apenas 1 ano de idade... tenho de estar 100% atenta ( a minha fonte de motivação maior! ). Beijinhos e muitos ronrons!! :D

4 Comments

  1. Perdi Pitoquinha, uma gatinha que apareceu na porta de minha casa. Não pensei duas vezes em pegá-lá pra adotá-la ou alguém que o fizesse, porém sem sucesso. Já tava doente, peguei pra cuidar dela, levei ao veterinário, comprei remédios e mesmo assim ela foi piorando e sem reagir aos remédios. Foram 7 dias com ela apenas, mas sinto dolorosamente a dor da perda dela. Nunca senti o valor que algum bicho tenha dado antes nessa magnitude! Ela me conquistou veementemente, me honrou, me deu amor e deixou ser amada por todos aqui! Estou ainda em choque, lembranças do sofrimento dela horas antes de partir. Nunca pensei estar tão dilacerado por um gato que conheci há pouco tempo. Acho que o motivo está além de ser apenas um bebê, filhote, simples, singelo, sincero (adjetivos intensificados por ser uma bebê), mas algo espiritual! Que ela esteja bem aonde quer que esteja e que um dia nos encontremos. Quanto mais escrevo mais quero escrever, e quanto mais escrevo vejo que não completa o vazio aqui no peito. Penso se ela ficou viva após horas de morta, se deveria esperar mais algum tempo pra ver se reagiria, não sei. Digo ainda em lágrimas. Vai com Deus, Pitoquinha! Te amo e te amamos muito!

    • Olá Vinícios. Sei bem o que está a sentir pois também perdi a minha Luna em Fevereiro. Sinto muito de coração por si. Cada pessoa tem uma forma de reagir diferente mas se o Vinicius se sente mais calmo ao escrever acho que o deve fazer e não criar bloqueios. Em homenagem á minha princesa Luna, á sua Pitoquinha e a outros donos que estão a passar por esta fase tão triste, decidi criar um cantinho no meu blog que se chama "Estrela no céu" precisamente para nós pudermos desabar e homenagear os nossos meninos que tanto merecem. Neste momento estou a recolher os testemunhos de vocês. Se quizer homenagear a sua menina pode enviar a sua mensagem com uma foto para info@universodegatos.com Um beijinho e um abraço com muita força. Nidia

  2. Meu nome é Danielle, tenho uma gatinha que está internada desde ontem, com suspeitas de insuficiência renal, estou totalmente arrasada, afinal é o 3 caso que acompanho, e outros dois filhos meus acabaram morrendo antes mesmo de iniciar um tratamento correto. Me sinto sem chão sabe, considero meus gatos meus filhos, compro comida boa, terra boa, tudo do bom e do melhor para meus bebês e ainda sim essa doença horrível chega sem aviso. Fiquei sabendo de um exame que identifica a insuficiência antes de comprometer o rins, e pretendo fazer em meus outros gatos. (tenho 3). Mais confesso que estou só tristeza e infelicidade, a minha Branquinha é meu tesouro e me dói em saber que posso perde ela. Já chorei horrores, e pedir a Deus para me ajuda e tenho fé que ele vai.
    Hoje vou ao hospital saber noticias dela, espero que sejam boas.

    • Oi Danielle, como está a sua gatinha? Sabe muitas das vezes esta doença horrível aparece quando mesmo esperamos por mais cuidado que tenhamos com os nossos bebés. Eu também já perdi uma menina (a Luna) pelo mesmo motivo e tenho outra que nasceu com uma deficiência em um dos rins (A Iris). A Iris está controlada e estável. Pela minha experiência o ideal é de vez em quando levar para fazer analises ao sangue. Aumentar o consumo de comida húmida e a ingestão de água. Muita força as melhoras para sua menina!

Deixar Mensagem

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.