Hipertiroidismo Felino pode afetar vários orgãos

0
164
Hipertiroidismo Felino pode afetar vários orgãos
O hipertiroidismo felino é uma doença hormonal associada á idade e pode afetar vários órgãos. Conheça esta disfunção que afeta muitos gatos.

“O hipertiroidismo felino é uma doença hormonal associada á idade e pode afetar vários órgãos”

 

O hipertiroidismo felino ocorre em animais com cerca de 13 anos de idade, porém pode surgir em gatos entre 4 e 20 anos de idade, gatos de todas as raças e de ambos os sexos.

Estudos indicam que o Hipertiroidismo Felino surge com mais frequência em gatos idosos ou que consomem comida húmida, nomeadamente enlatada. Segundo estes estudos, deve-se a uma substância que está presente nas embalagens e que influência no desenvolvimento de hiperplasias na glândola tiroide.
Contudo estes são apenas fatores de risco, nenhum irá originar obrigatoriamente esta alteração hormonal.

O hipertiroidismo felino é uma doença hormonal comum em gatos idosos está associada á idade e afeta vários órgãos devido ao seu excesso de hormonas tiroideias que aceleram o metabolismo. Os gatos que desenvolvem hipertiroidismo apresentam nódulos benignos na glândula da tiroide que causam a hiperfunção, sendo também alguns casos mais raros de tumores malignos que causam hiperfunção glandular. Os níveis elevados de hormonas tiroideias associados a essa enfermidade fazem com que o organismo funcione a um ritmo muito mais acelerado do que o normal pelo que afetam os sistemas músculo-esquelético, cardiovascular, gastrointestinal, hepático, urinário, nervoso e a área comportamental do animal. As complicações mais comuns decorrentes do hipertireoidismo felino são espessamento do músculo cardíaco, aumento da pressão arterial, alterações no funcionamento renal e problemas intestinais.

Quais os sintomas mais frequentes de hipertiroidismo felino?

Os sintomas mais frequentes são:

  • Aumento da ingestão de água
  • Aumento de apetite
  • Perda de peso e maior agitação. Embora os gatos mostrem alguma agitação, não são necessariamente agressivos.
  • Caso eles sejam gatos gordos acabam por ficar com o seu peso normal. Pode ainda surgir problemas cardíacos, gastrointestinais e renais.
  • Alteração na pelagem
  • Uma pouca percentagem de gatos apresentam sinais atípicos como perda de apetite, anorexia, letargia e fraqueza.
  • Micções mais frequentes
  • Vómitos e diarreia

Que consequências o gato pode sofrer por falta de tratamento

A falta de tratamento pode trazer consequências graves para os rins e coração. O hipertiroidismo felino aumenta a frequência cardíaca. Como o músculo cardíaco tem de trabalhar mais, pode originar o desenvolvimento de doenças cardíacas e inclusive até mesmo conduzir à morte. Outra das consequências é a hipertensão que afeta igualmente o coração e outros órgãos, como o rim. Os gatos com hipertiroidismo não tratado tendem a ficar com a função renal muito afetada.

 

O Blog Universo de gatos não assume qualquer responsabilidade pelo conteúdo desta página.

Este conselho não é um substituto a uma consulta adequada com um veterinário e destina-se apenas como um guia. Entre em contato com o seu veterinário local para aconselhamento ou tratamento imediato se estiver preocupado com a saúde do seu animal de estimação – mesmo que estejam encerrados, existe hospitais que dispõem de turnos diurnos e noturnos. Descubra mais sobre o que fazer em um fora de horas de emergência.

Veja também:

Quanta água deve beber um gato? 
Gato bebe água demais
A falta de apetite pode levar a anorexia

Gostou do artigo? Então NÃO deixe de PARTILHAR com os amigos!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor confirme o seu comentário!
Por favor preencha o seu nome aqui