gato persa de pêlo comprido

Gato Persa de Pêlo Comprido: O que desconhece

História do Gato Persa de Pêlo Comprido

Na América do Norte chamam-lhes Persa, mas pelos Ingleses são conhecidos por longhairs onde cada cor tem a sua classificação própria. O gato persa de pêlo comprido cria-se numa variedade de padrões e de cores.

É um animal muito calmo, a maioria tem uma voz muito suave que muitas das vezes mal se ouve e por isso entende-se muito bem com outros animais e crianças. Os cuidados com o pelo são os requisitos mais importantes para quem tem um gato persa de pêlo comprido. O persa é ideal para quem aprecie um gato dócil e goste de passar muito tempo a cuidar diariamente da sua pelagem.

Acredita-se que o gato persa de pêlo comprido descenda de gatos Angorás da Turquia, trazidos deste país e do Irão (Pérsia) por marinheiros e comerciantes e que durante anos foram os favoritos da aristocracia europeia e da corte francesa.

No fim do sec. XIX, os felinofilos ingleses começaram a cruzar os elegantes angoras com outras raças e, a pouco e pouco, foram produzindo gatos com uma estrutura mais pesada e com o pêlo mais comprido e mais grosso.

Foram estes gatos que deram origem à raça de gatos com pedigree mais popular do mundo: o persa de pelo comprido.

 

O gato persa de pelo comprido dos primeiros tempos era muito diferente dos persas que hoje se criam. O corpo tornou-se muito mais comprimido e o pelo é mais longo e basto. A diferença mais notória encontra-se no formato da cabeça e no comprimento do nariz. Os primeiros gatos persas tinham a cabeça cuneiforme e os atuais têm o crânio maior e mais redondo.

O comprimento do nariz manteve-se quase sempre assim durante anos, mas nas ultimas décadas, os felinófilos concentraram-se na criação de um persa de pelo comprido com um nariz extremamente curto. Na prática, trata-se de um gato cujo rosto é completamente achatado.

Muito rapidamente estes upgrades se processaram. Os gatos com o nariz curto, nem sempre são apreciados porque um sistema de criação deficiente pode conduzir entre outras coisas, a uma dentição fraca, a maxilares curvos, a problemas respiratórios e ao bloqueio dos canais lacrimais. Por este motivo criar um persa de pelo comprido para participar em concursos exige uma boa dose de conhecimentos por parte dos seus criadores

 

Veja também:
Gatos Persas 10 factos que desconhece
Gatos Persas como os identificar
As 10 raças de gatos mais antigas

Gostou do artigo? Então NÃO deixe de PARTILHAR com os amigos!

"Os gatos fazem parte da minha vida, não me imagino a viver num universo sem eles..." Decidi criar este blog por necessidade de partilhar e fundamentalmente ajudar quem necessita de informações, tal como eu. No fundo, apesar de ser um blog, considero este meu trabalho uma fonte de recursos. Há dias que necessito de recorrer a informação para as minhas três gatas e sendo uma delas insuficiente renal com apenas 1 ano de idade... tenho de estar 100% atenta ( a minha fonte de motivação maior! ). Beijinhos e muitos ronrons!! :D

Deixar Mensagem

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.