dar medicamento a um gato

Como dar medicamento a um gato

Dar medicamento a um gato é das tarefas mais difíceis que um dono pode enfrentar. Mas com um pouco de preparação tudo se torna mais fácil

 

Neste artigo explicamos como deve proceder para dar medicamento a um gato:

1. Medicamento Líquido

Antes de tentar dar medicamento a um gato, junte tudo que é necessário. Tenha a medicação à mão, juntamente com um petisco para tornar a experiência mais agradável e uma toalha para o embrulhar se necessário.

Para dar uma medicação líquida, coloque o seu gato numa superfície plana. Coloque o a dose indicada numa seringa doseadora. Use a mão livre para inclinar ligeiramente a cabeça do seu gato. Coloque a ponta da seringa no canto traseiro da boca do seu gato, esguichando a medicação no espaço entre a bochecha e as gengivas.

Recompense o seu gato com o seu petisco favorito.

*Dica: Pode ainda colocar a medicação num pouco de comida húmida, mas primeiro fale com o seu veterinário.

 

2. Comprimidos ou cápsulas

Para dar um comprimido ou uma cápsula mantenha o seu gato na mesma posição que teria de fazer para dar um líquido. Usando uma mão, estabilize a cabeça do seu gato e incline-a ligeiramente para cima. Segure o comprimido ou a cápsula entre o polegar e o indicador da mão oposta. Use o seu dedo do meio para abrir a boca do seu gato e deslize a o comprimido pelo centro da língua até a parte de trás da boca, colocando a pílula mais longe da boca quanto possível. Também pode ser útil para gatos menos cooperativos, segurar firmemente o pescoço do seu gato ao administrar o comprimido.

*Dica: Aproveito para dar uma dica que faço com a minha gata Luna que julgo ser útil para si. Se eu tiver que administar algum comprimido, eu coloco-o numa colher e envolvo um pouco de pasta de malte. Como ela adora a pasta, acaba por ingerir bem o comprimido mesmo que não goste.

 

Veja também:

Problemas de emergência nos gatos, como os resolver 
Quanta água deve beber um gato
Aprenda a escovar os dentes ao seu gato

Gostou do artigo? Então NÃO deixe de PARTILHAR com os amigos!

"Os gatos fazem parte da minha vida, não me imagino a viver num universo sem eles..." Decidi criar este blog por necessidade de partilhar e fundamentalmente ajudar quem necessita de informações, tal como eu. No fundo, apesar de ser um blog, considero este meu trabalho uma fonte de recursos. Há dias que necessito de recorrer a informação para as minhas três gatas e sendo uma delas insuficiente renal com apenas 1 ano de idade... tenho de estar 100% atenta ( a minha fonte de motivação maior! ). Beijinhos e muitos ronrons!! :D

Deixar Mensagem

Your email address will not be published. Required fields are marked *